Vol 6 Num 2




Morcegos da Mata Atlântica do sul da Bahia, Brasil

Deborah Faria

Universidade Estadual de Santa Cruz
Departamento de Ciências Biológicas, Rodovia Ilhéus-Itabuna km 16, Ilhéus, Bahia, Brazil, C.E.P. 45650-000
email: deborah@uesc.br

Binael Soares-Santos

Universidade Estadual de Santa Cruz
Departamento de Ciências Biológicas, Rodovia Ilhéus-Itabuna km 16, Ilhéus, Bahia, Brazil, C.E.P. 45650-000
email: binael@uesc.br

Erica Sampaio

Smithsonian Institution
National Museum of Natural History, Washington DC, USA, 200013-7012

palavras-chave
Chiroptera, inventários, sudeste da Bahia, Mata Atlântica, Brasil

publicado em: 16/05/2006





Resumo
Os resultados de 16 anos de coletas de morcegos no sul da Bahia, Brasil, são presentados neste trabalho. De 1986 a 2002, morcegos foram coletados em 14 municípios da região, totalizando 6576 capturas de 59 espécies das famílias Emballonuridae (5 sp), Noctilionidae (1 sp), Phyllostomidae (46 sp), Thyropteridae (2 sp), Natalidae (1 sp), Molossidae (3 sp) and Vespertilionidae (2 sp). São registras 29 espécies não documentadas anteriormente para o estado da Bahia, e várias outras espécies com poucos registros dentro dos limites da Mata Atlântica. Também é apresentado o primeiro registro de Vampyrodes  caraccioli  para este bioma, estendendo seu limite de distribuição em mais de 3.000 km a leste. Os dados sumarizados aumentaram o conhecimento da fauna de morcegos para todo o estado, agora com uma lista atualizada de 78 espécies registradas, pertencentes a 50 diferentes gêneros e oito famílias.

como citar este artigo
Faria, D.; Soares-Santos, B. e Sampaio, E. Morcegos da Mata Atlântica do sul da Bahia, Brasil. Biota Neotrop.  May/Aug 2006 vol. 6 no. 2, endereço eletrônico. ISSN 1676-0603

Espécies citadas



Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, Fapesp
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq
© BIOTA NEOTROPICA, 2006