Vol 10 Num 1




Relação peso-comprimento e fator de condição de Oligosarcus  hepsetus  (Cuvier, 1829) no Parque Estadual da Serra do Mar - Núcleo Santa Virgínia, Mata Atlântica, estado de São Paulo, Brasil

Leandro Muller Gomiero

Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Departamento de Zoologia, Instituto de Biociências, C.P. 199, CEP 13506-900, Av. 24-A, n. 1515, Rio Claro, São Paulo, Brasil
email: leanmg@rc.unesp.br

Gilberto Aparecido Villares Junior

Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Departamento de Zoologia, Instituto de Biociências, C.P. 199, CEP 13506-900, Av. 24-A, n. 1515, Rio Claro, São Paulo, Brasil
Francisco Manoel de Souza Braga

Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Departamento de Zoologia, Instituto de Biociências, C.P. 199, CEP 13506-900, Av. 24-A, n. 1515, Rio Claro, São Paulo, Brasil

palavras-chave
relação peso-comprimento, fator de condição, Oligosarcus hepsetus, Mata Atlântica

publicado em: 12/02/2010





Resumo
Foram analisados a relação peso-comprimento e o fator de condição de Oligosarcus  hepsetus  no rio Grande do Parque Estadual da Serra do Mar - Núcleo Santa Virgínia, São Paulo. A relação peso-comprimento foi estimada para imaturos, fêmeas e machos, através da expressão P = aCb. Os parâmetros a e b foram estimados após transformação logarítmica dos dados de peso e comprimento e subsequente ajuste de uma linha reta aos pontos pelo método dos mínimos quadrados. Para fêmeas e machos foram obtidas as equações da relação peso-comprimento por período do ano (outono, inverno, primavera e verão), utilizando o peso total e o peso sem as gônadas. O fator de condição dos imaturos foi mais alto do que para machos e fêmeas, possivelmente, devido ao gasto energético com o desenvolvimento dos ovócitos e em menor grau dos espermatozóides. Esta espécie apresentou maiores valores de fator de condição no outono devido ao acúmulo de gordura e nas demais estações estes valores di minuíram devido ao longo período r eprodutivo. As condições ambientais da Mata Atlântica parecem ser primordiais para o desenvolvimento das estratégias reprodutivas apresentadas por Oligosarcus  hepsetus .

como citar este artigo
Gomiero, L. M.; Villares Junior, G. A. and Braga, F. M. S. Relação peso-comprimento e fator de condição de Oligosarcus  hepsetus  (Cuvier, 1829) no Parque Estadual da Serra do Mar - Núcleo Santa Virgínia, Mata Atlântica, estado de São Paulo, Brasil. Biota Neotrop.  Jan/Mar 2010 vol. 10, no. 1 https://www.biotaneotropica.org.br/v10n1/pt/abstract?article+bn01610012010 ISSN 1676-0603.

Espécies citadas
check for this species in other resources Oligosarcus  hepsetus 



Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, Fapesp
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq
© BIOTA NEOTROPICA, 2010