Vol 9 Num 3




Pequenos mamíferos não voadores em fragmentos de Mata Atlântica e áreas agrícolas em Viana, Espírito Santo, Brasil

Israel de Souza Pinto

Universidade Federal do Espírito Santo
Lab. De Parasitologia, Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Espírito Santo, Av. Marechal Campos 1468, Maruípe, 29040-090, Vitória, ES, Brasil.
email: pintoisrael@gmail.com

Ana Carolina Covre Loss

Universidade Federal do Espírito Santo
Lab. De Mastozoologia e Biogeografia, Depto. de Ciências Biológicas, Centro de Ciências Humanas e Naturais, Universidade Federal do Espírito Santo, Av. Marechal Campos 1468, Maruípe, 29043-900 Vitória, ES, Brasil.
Aloísio Falqueto

Universidade Federal do Espírito Santo
Lab. De Parasitologia, Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Espírito Santo, Av. Marechal Campos 1468, Maruípe, 29040-090, Vitória, ES, Brasil.
Yuri Luiz Reis Leite

Universidade Federal do Espírito Santo
Lab. De Mastozoologia e Biogeografia, Depto. de Ciências Biológicas, Centro de Ciências Humanas e Naturais, Universidade Federal do Espírito Santo, Av. Marechal Campos 1468, Maruípe, 29043-900 Vitória, ES, Brasil.

palavras-chave
inventário, Didelphimorphia, Lagomorpha, Rodentia.

publicado em: 27/08/2009





Resumo
Nós inventariamos os pequenos mamíferos não-voadores em Viana, Espírito Santo, sudeste do Brasil, em 1981-1982 e 2006-2007. Foram capturados 439 pequenos mamíferos não-voadores pertencentes a três ordens (Didelphimorphia, Rodentia e Lagomorpha) e seis famílias (Didelphidae, Sciuridade, Cricetidae, Muridae, Echimyidae e Leporidae). As espécies mais abundantes foram os roedores Akodon  cursor  e Nectomys  squamipes  e o marsupial Metachirus nudicaudatus . Registramos pela primeira vez a ocorrência do roedor equimídeo Euryzygomatomys  spinosus  no estado do Espírito Santo. A riqueza específica (S=21) e o índice de diversidade de Shannon (H=2,23) estão entre os maiores registrados para pequenos mamíferos da Mata Atlântica no estado, mesmo quando comparados aos valores obtidos para unidades de conservação. Esses maiores valores de riqueza e diversidade encontrados estão provavelmente associados à heterogeneidade de hábitat e evidenciam a necessidade de conservação dos fragmentos florestais de Viana, os quais são importantes depositários da biodiversidade da Mata Atlântica.

como citar este artigo
Pinto, I. S.; Loss, A. C. C.; Falqueto, A. and Leite, Y. L. R. Pequenos mamíferos não voadores em fragmentos de Mata Atlântica e áreas agrícolas em Viana, Espírito Santo, Brasil. Biota Neotrop.  Jul/Sep 2009 vol. 9, no. 3 http://www.biotaneotropica.org.br/v9n3/pt/abstract?article+bn03109032009 ISSN 1676-0603.

Espécies citadas
check for this species in other resources Akodon  cursor 
check for this species in other resources Euryzygomatomys  spinosus 
check for this species in other resources Metachirus   nudicaudatus 
check for this species in other resources Nectomys  squamipes 



Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, Fapesp
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq
© BIOTA NEOTROPICA, 2009